A Polícia Federal confirma a prisão de Rocha Loures na Superintendência em Brasília.

A detenção foi autorizada pelo Ministro Luiz Edson Fachin e feita sem alardes.

Ele se encontra na Superintendência Regional da PF na capital.

O advogado de Rocha Loures, Cezar Bitencourt, disse à BandNews FM que “ele não vai falar nada”, se referindo a possibilidade de uma delação por parte do ex-deputado.

Rocha Loures chegou a ser um dos fortes aliados do também peemedebista Michel Temer.

O político foi gravado em um vídeo que mostra que ele recebeu uma mala com 500 mil reais da JBS – não se sabe qual era o destino final da propina.

Os delatores, no entanto, afirmam que os recursos eram destinados ao Presidente da República.

Na quinta-feira desta semana, Rocha Loures perdeu o foro privilegiado porque Osmar Serraglio deixou o Ministério da Justiça, não aceitou ser transferido para o Ministério da Transparência e retomou o cargo dele na Câmara dos Deputados; com isso, Rocha Loures voltou pra suplência.

Acompanhe a informação dada em primeira mão pela nossa colunista, Mônica Bergamo:

DEIXE UMA RESPOSTA

Deixe seu comentário!
Por favor, informe seu nome