O governo de São Paulo suspendeu as atividades do Zoológico, do Zoo Safari e do Jardim Botânico, na Zona sul da Capital, depois da morte de um macaco bugio por febre amarela.

O coordenador do controle de doenças da Secretaria do Estado da Saúde de São Paulo Marcos Boulos disse que foi uma surpresa a morte ao animal pela doença naquela região

O infectologista garantiu em entrevista ao “BandNews São Paulo” que os fechamentos dos locais para visitação foram ações de prevenção contra febre amarela.

Além disso, ele afirmou que as pessoas que visitaram esses locais nas últimas semanas não correm riscos de terem sido infectadas pelo vírus.

O Ministério da Saúde divulgará novos dados sobre a febre amarela em um boletim às 4 horas da tarde.

DEIXE UMA RESPOSTA

Deixe seu comentário!
Por favor, informe seu nome