Um pastor evangélico será um dos opositores de Nicolás Maduro nas eleições presidenciais da Venezuela, antecipadas para o dia 22 de abril. Javier Bertucci, de 48 anos, participava de um evento religioso e falava a uma multidão quando anunciou a candidatura.

Em cima de um palco com jogo de luzes e diante de uma grande placa com o lema “O Evangelho Muda”, o pastor disse que atende ao clamor de muita gente desesperançosa.

Bertucci é nascido no Noroeste da Venezuela e lidera a igreja cristã Maranatha, conhecida também por um trabalho voluntário de distribuição de comida em regiões pobres do país.

No anúncio, o pastor evangélico pediu que as pessoas participem da votação, vão às urnas, e disse que haverá mudanças.

Javier Bertucci ainda não especificou por que partido vai concorrer. Ele deve oficializar a candidatura na quarta-feira, com inscrição no Conselho Nacional Eleitoral.

Por enquanto, o pastor é o único oponente de Maduro no pleito, já que a Mesa da Unidade Democrática, coalizão de oposição, ainda não decidiu se vai participar.

Figura controversa, o líder religioso mantém empresas offshore em países como Panamá e República Dominicana. Em 2010, o pastor foi acusado de contrabandear combustível para o país.

DEIXE UMA RESPOSTA

Deixe seu comentário!
Por favor, informe seu nome