O ministro do Supremo Tribunal Federal Edson Fachin envia à Justiça Federal do Distrito Federal a denúncia por organização criminosa contra os ex-presidentes Lula e Dilma Rousseff, os ex-ministros Antonio Palocci e Guido Mantega, e o ex-tesoureiro do PT João Vaccari Neto.

Os casos da senadora Gleisi Hoffmann e do ex-ministro Paulo Bernardo continuarão no Supremo. Fachin entendeu que as condutas de ambos estão interligadas e em razão do foro privilegiado de Gleisi a investigação deve ser julgada no STF.

Mais detalhes de Brasília, com Antônio Maldonado:

DEIXE UMA RESPOSTA

Deixe seu comentário!
Por favor, informe seu nome