No despacho divulgado nessa sexta-feira, o ministro do Supremo Tribunal Federal, Ricardo Lewandowiski, decidiu adotar o chamado procedimento abreviado e acelerou a análise do processo que pede a anulação da intervenção federal no Rio de Janeiro.

Na decisão, Lewandowiski afirma que, devido à relevância da matéria e o seu especial significado para a ordem social e a segurança jurídica, determinou a aceleração da tramitação do processo.

Mais informações de Brasília, com Márcio Rocha:

DEIXE UMA RESPOSTA

Deixe seu comentário!
Por favor, informe seu nome