O Centro de Sismologia da USP afirma que o tremor de magnitude 6.8 na Bolívia afetou cidades das regiões Sul, Sudeste e Centro-Oeste do Brasil.

Em nota, o departamento explicou que “esse fenômeno não é incomum para sismos com essas magnitudes”, como o registrado a 555Km de profundidade, às 10h40.

Os efeitos costumam ser sentidos por pessoas que estão em prédios altos: “Grande parte das pessoas em andares mais altos de prédios puderam sentir a vibração das ondas emitidas por este tremor que ocorreu a mais de 1500 km de distância”, explicou o Centro de Sismologia da USP.

Mais informações de São Paulo, com Renan Sukevicius:

DEIXE UMA RESPOSTA

Deixe seu comentário!
Por favor, informe seu nome