Que tal substituir cada pensamento crítico por um de gratidão? E não só hoje, no dia mundial da gratidão, mas fazer disso um exercício diário…

A neurociência explica que nosso cérebro trabalha muito melhor quando está focado em coisas positivas, e isso acaba liberando os neurotransmissores serotonina e dopamina nos deixando ainda mais criativos, animados e dispostos, além de saber lidar melhor com os problemas.

A psico terapeuta especialista em desenvolvimento humano Gaya Machado sugere fazer um exercício: terminar todos os dias escrevendo um diário de gratidão:

Além de fazer a pessoa dormir melhor, a lista ajuda a lidar com assuntos complicados do dia a dia. E não precisa pensar em grandes acontecimentos…

De acordo com uma pesquisa realizada pela psicologia positiva se você separar cinco minutos da sua noite e escrever uma lista de cinco coisas que deve agradecer durante duas semanas, você começa a focar o seu pensamento no positivo, e com isso enxergar as coisas simples configurando o nosso cérebro para o sucesso. Assim como passar vinte minutos do nosso dia ao ar livre amplia o pensamento, melhora a memória operacional e a positividade.

Um estudo de 2012 realizado na Universidade de Kentucky mostrou que quanto mais gratos os participantes eram, menos nervosos ficavam ao receber uma critica ou uma ofensa.

E estudos de 2006 pela Behavior and Reseat Therapy com veteranos da Guerra do Vietnã mostraram que quando eles focam as tensões em ajudar o próximo, o pós-traumático de tudo o que aconteceu com eles é bem menor.

Segundo a psicoterapeuta Gaya Machado especialista em desenvolvimento humano o ato de agradecer, de enxergar o lado bom nas pequenas coisas é muito benéfico para a saúde física e mental, diminui o estresse pós-traumático e a agressividade, cura ansiedade e depressão.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Deixe seu comentário!
Por favor, informe seu nome