O Tribunal Superior Eleitoral informa que, até o momento, 912 urnas foram substituídas em todo o país. O número corresponde a 0,17% dos 454.493 equipamentos em uso.

Há, ainda, 65 mil urnas de contingência. De todos os estados, São Paulo foi o que teve o maior número de urnas substituídas, um total de 117.

Em segundo lugar, aparece Rio de Janeiro, com 123 equipamentos trocados; em terceiro, Minas Gerais, com 91 urnas.

Apesar das falhas, até agora, não há registro de votação manual em nenhum Estado.

Ainda segundo o TSE, até o momento, 35 pessoas se envolveram em problemas nestas eleições. Destas, 17 foram presas por crimes diversos, as outras 18 cometeram infrações, mas foram liberadas.

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Deixe seu comentário!
Por favor, informe seu nome