O ano é 1968, e a arquiteta Ítalo-brasileira Lina Bo Bardi enfim viu concretizado o projeto em que se debruçou por quase uma década. Uma mulher visionaria que projetou um dos cartões portais da cidade a convite do empresário de comunicação, Assis Chateaubriand.

O paraibano criou o Museu de Arte de São Paulo em 1947, em um prédio na rua 7 de Abril, na região central. Chatô negociou obras em uma Europa que sofria os efeitos da Segunda Guerra Mundial ao lado do arquiteto modernista Pietro Maria Bardi, marido de Lina.

Com o acervo cada vez maior e mais rico, Chateaubriand decidiu transferir o MASP para a avenida Paulista. A inauguração do prédio no dia 7 de Novembro de 1968 teve a presença da rainha Elizabeth II, e foi um marco da era modernista, segundo o professor da faculdade de arquitetura da USP, Guilherme Wisnik.

Imagens: TV Gazeta

Os cavaletes de concreto e vidro substituem as paredes onde geralmente os quadros ficam expostos em museus. A ideia de Lina Bo Bardi possibilita que qualquer um veja o verso de uma obra que muitas vezes guardam cicatrizes, um carimbo de viagem ou uma anotação.

O MASP abriga quase dez mil peças, entre pinturas, fotografias e esculturas da antiguidade até o seculo XXI, o que o torna o mais importante museu de arte do hemisfério sul. Apesar da grandiosidade, a preferência é das exposições itinerantes e o contato com o acervo do museu ainda é tímido na opinião da editora-chefe do canal Arte 1 e colunista da BandNews FM, Gisele Kato.

Do lado de fora não tem como não se encantar com os quatro pilares pintados de vermelho, que foram construídos para se movimentar, mas dentro de um limite, explica a gerente de projetos do MASP, Miriam Elwing. No fim da década de 60, o vão livre do MASP foi considerado o maior do mundo, com 74 metros de comprimento.

O MASP tem entrada gratuita toda terça-feira. Nos outros dias, o ingresso custa R$ 35 a inteira e R$17 a meia. Hoje, por causa do aniversário de 50 anos, a visita será grátis.

Ouça o boletim completo:

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Deixe seu comentário!
Por favor, informe seu nome