Uma pesquisa recente da Universidade de Gothenburg, na Suécia, corrobora a máxima de que “nós somos o que comemos”. O levantamento analisou mais de sete mil crianças entre 2 e 9 anos e descobriu uma sólida conexão entre alimentação e bem estar psicológico.

O que surpreendeu os pesquisadores é que mesmo crianças acima do peso que mantiveram uma alimentação saudável demonstraram ter boa autoestima.

E alimentação saudável é coisa de criança. Por isso, nossa indicação hoje é o livro “A cesta de dona Maricota”, da escritora Tatiana Belinky. A publicação mostra de forma lúdica que os alimentos naturais trazem muitas vantagens de se comer.

Até a próxima dica!

DEIXE UMA RESPOSTA

Deixe seu comentário!
Por favor, informe seu nome