São Paulo é mais uma cidade brasileira em que os canudinhos de plástico estão com os dias contados. Na casa da empresária Marcella Coviello, eles já estão extintos faz tempo. Marcella faz parte de uma tendência que se estabeleceu no País no ano passado e que elegeu o canudo como o primeiro grande vilão do meio ambiente.

Os dados impactam: até o ano de 2050, se o consumo se mantiver o mesmo, as previsões são de que o oceano terá mais peso em plástico do que em peixes. As imagens de tartarugas asfixiadas com sacolas, e de tubarões e baleias mortos com copos e potes descartáveis no estômago também ajudam o movimento que para a engenheira ambiental Aline Matuja dá um passo importante com a abolição dos canudinhos.

Na capital paulista, o projeto de lei que proíbe o fornecimento de canudos de plástico na cidade hotéis, restaurantes, bares, padarias entre outros estabelecimentos comerciais já foi aprovado em primeira votação e deve passar por uma segunda análise nesta semana antes de seguir para a apreciação do prefeito.

Na Baixada santista, a mudança já está em curso depois de a proposta ter sido sancionada, mas a falta de opções no mercado – e o preço – têm preocupado os comerciantes, disse o presidente do Sindicato local de Hotéis, Restaurantes, Bares e Similares, Heitor Gonzalez.

Enquanto uma unidade de plástico custa em média dois centavos, cada canudo de papel vale 40 centavos – 20 vezes mais. O oxibiodegradável é alguns centavos mais caro que o comum, mas costuma ser ainda mais perigoso: ao se decompor, se divide em milhçoes de micro unidades, o que acaba sendo tão nocivo quanto a opção mais popular.

O Plastivida, Instituto socioambiental dos Plásticos, questiona as mudanças. O presidente da entidade, Miguel Bahiense disse que ações com foco em reciclagem seriam muito mais efetivas.

O dono de uma rede de restaurantes em SP, Milton Freitas decidiu ser radical antes mesmo da chegada da lei: canudos só de macarrão e em dois drinks que uma das casas oferece. Para os clientes com algum tipo de necessidade especial, os restaurantes têm à disposição canudos à base de cana de açúcar.

2 COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Deixe seu comentário!
Por favor, informe seu nome