A Polícia Militar de São Paulo pede mudanças no Estatuto da Criança e do Adolescente ao ser questionada sobre os assaltos frequentes no Viaduto do Glicério, no centro da capital.

Desde a semana passada, a Rádio BandNews FM vem recebendo reclamações de ouvintes sobre casos de violência na região. As mulheres são as vítimas preferidas dos bandidos, que costumam quebrar o vidro do carro para pegar a bolsa.

O tenente Danilo Santana, comandante interino da Companhia da Polícia Militar responsável pela segurança no Glicério, diz que a maioria dos crimes é praticado por menores de idade:

O tenente Danilo Santana, da Polícia Militar, pede às vítimas que sempre liguem no telefone 190 e façam o boletim de ocorrência logo depois do crime:

Desde o início do mês, a Polícia Militar prendeu CINCO pessoas por roubo na região do Viaduto do Glicério, no centro da capital paulista.

DEIXE UMA RESPOSTA

Deixe seu comentário!
Por favor, informe seu nome