Reclamações contra o tatuador são mais de 50. (Foto: Reprodução)

Foi preso, no começo da noite deste domingo (31), o tatuador Leandro Caldeira Alves Pereira, de 45 anos, do estúdio “Tattoo Reggae”, na região Centro-Sul de Belo Horizonte, que havia sido denunciado por dezenas de mulheres por abuso sexual.

Ele foi detido pela Polícia Militar, em Lagoa Santa, na região central do Estado, e deve ser encaminhado para uma delegacia de Vespasiano, cidade vizinha. O mandado de prisão contra ele havia sido expedido pela Justiça mineira, na quinta-feira (28), e ele estava foragido desde então.

Segundo a PM, 15 mulheres denunciaram o homem formalmente na Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher de Belo Horizonte. Pelo menos outras 40 também acusaram o tatuador pelo crime em uma rede social. O suspeito se declarou inocente de todas as acusações.

DEIXE UMA RESPOSTA

Deixe seu comentário!
Por favor, informe seu nome