Corpo de Bombeiros deve ficar por sete dias no local à procura de sobreviventes.

No terceiro dia de buscas, o Corpo de Bombeiros segue procurando por 15 desaparecidos na comunidade da Muzema, na zona oeste do Rio de Janeiro, onde dois prédios desabaram na última sexta-feira (12).

Os parentes que buscam por esses desaparecidos ficam de maneira ininterrupta na área de isolamento. Já são nove mortes confirmadas e quatro pessoas seguem internadas.

Além da procura por vítimas, os bombeiros, com apoio da defesa civil, fazem o trabalho de rescaldo nos prédios do entorno, que estão interditados e também condenados. Os moradores têm cinco minutos para entrar nessas edificações e retirar os pertences.

Hoje, uma das preocupações é a possível chegada de uma chuva forte no início da tarde. A região do desabamento é uma área de risco e está com o solo desgastado por conta das precipitações dos últimos dias.

DEIXE UMA RESPOSTA

Deixe seu comentário!
Por favor, informe seu nome