Foto: jornalggn

O governo de Cuba decide permitir a volta dos doutores cubanos que ficaram no Brasil depois do fim do programa Mais Médicos. A informação é da colunista da Rádio BandNews FM Mônica Bergamo.

Profissionais que decidem morar nos países para os quais foram enviados por Cuba, descumprindo o contrato do programa, ficam proibidos de retornar à ilha por oito anos. No entanto, o Ministério da Saúde Pública de Cuba aceitou o retorno dos médicos justificando que as promessas de emprego aos que decidiram ficar no Brasil não foram cumpridas.

Eles poderão retornar, em nome da “dignidade humana” e do direito à segurança. Depois do fim do programa Mais Médicos, os doutores que ficaram no Brasil relatam que passam por muitas dificuldades financeiras.

Ouça o comentário completo:

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Deixe seu comentário!
Por favor, informe seu nome