O secretário Municipal de Mobilidade e Transportes volta a defender a restrição de motos na pista expressa da Marginal do Pinheiros, depois do anúncio da Prefeitura de que, pela primeira vez, o número de mortes de motociclistas passou o de pedestres na cidade de São Paulo. Em entrevista à BandNews FM, Edson Caram também cobrou consciência de todos os atores do trânsito da capital, especialmente dos próprios motociclistas.

Os dados divulgados ontem são de 2018 e apontam que foram trezentas e sessenta e seis vítimas em motos contra trezentas e quarenta e nove que estavam a pé:

Para o secretário municipal de Mobilidade e Transportes, Edson Caram, a redução do número de mortes não passa só pelas políticas públicas: falta conscientização, principalmente, em relação aos corredores

O secretário, no entanto, negou que a Prefeitura esteja pensando em criar motofaixas na cidade. Ainda segundo os dados divulgados: quatro em cada dez mortes em acidentes de trânsito na capital aconteceram a menos de dois quilômetros da casa da vítima. Ao longo de 2018, foram 828 acidentes fatais e 849 mortes.

2 COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Deixe seu comentário!
Por favor, informe seu nome