A Polícia Civil procura pelo quarto integrante de uma quadrilha que praticava sequestros relâmpagos na zona sul da capital paulista. Três homens detidos ontem já foram reconhecidos por pelo menos 10 vítimas.Os criminosos, com idades entre 18 e 42 anos, atuavam principalmente nas regiões do Panambi, Morumbi e Brooklin.

Responsável pelas prisões, o investigador Pedro Macedo, da delegacia do Itaim Bibi, explica que os criminosos costumavam abordar motoristas parados em carros estacionados na rua. Três deles tomavam o controle do veículo e, em geral, seguiam para comunidades próximas, enquanto o quarto dava apoio à distância e usava os cartões e senhas:

Em outro tipo de abordagem, os criminosos surpreendiam motoristas que entravam ou saíam sozinhos de um hipermercado que fica na Marginal do Pinheiros, na região do Panambi. Ao fazer saques, compras no débito e crédito, além de gastos por aplicativos dos celulares das vítimas, a quadrilha costumava levar entre 3 mil e 10 mil reais a cada ação.

Após o sequestro, em geral, as vítimas eram liberadas sozinhas ou nos veículos dentro da comunidade de Paraisópolis ou nas imediações da favela de Peinha, na rua Itapaiúna. O investigador orienta sobre o que fazer nesses casos:

Com a quadrilha, a polícia ainda encontrou uma pistola semiautomática e uma bicicleta roubada de um sistema de aluguel de bikes.

DEIXE UMA RESPOSTA

Deixe seu comentário!
Por favor, informe seu nome