Rubens Mendes era um dos carteiros há mais tempo em atividade na cidade de São Paulo. Após 44 anos de atuação, sempre entregando cartas no bairro do Grajaú, ele decidiu se aposentar. “Eu me despedi da maioria das pessoas. Muita gente ficou triste, chorou. Eu me emocionei também porque não sabia a importância que eu tinha para essas pessoas”.

Personagem do “Cidade em Retratos” dessa semana, Rubens Mendes conta um pouco da história que construiu nas andanças pelas ruas da zona sul da capital paulista e sobre a rotina de trabalho dos carteiros.

3 COMENTÁRIOS

  1. É um absurdo a Band estar concentrando suas maldades para prejudicar a Lava Jato e trazer de volta corruptos como Luma. Eu sei que os fins não justificam os meios mas o Brasil seria hoje uma Venezuela se esta gang continuasse no poder e algo tinha que ser feito. O país está no caminho certo mesmo tropeçando em alguns obstáculos. Permitam a salvação ddo nosso país.

  2. Estou de pleno acôrdo com a sua opinião. A imprensa tem que ser livre, mas não tomar partido como acontece.atualmente.

DEIXE UMA RESPOSTA

Deixe seu comentário!
Por favor, informe seu nome