O presidente Jair Bolsonaro sinaliza um ajuste no texto da proposta de reforma da Previdência relacionado a categoria dos militares.

O chefe do Executivo também pediu aos deputados federais que “votem com o coração” nesta quarta-feira, dia em que o texto deve ser avaliado pelos parlamentares na Câmara.

De Brasília, João Pedro Melo:

DEIXE UMA RESPOSTA

Deixe seu comentário!
Por favor, informe seu nome