A polícia suspeita de intoxicação por monóxido de carbono na morte de uma família em um apartamento de Santo André, no ABC Paulista. O pai, a mãe, a filha adolescente de 14 anos e o filho bebê de um ano morreram de sexta para sábado depois de chegarem de viagem dos Estados Unidos.

Eles haviam visitado os parques da Disney, em Orlando. As malas ainda nem tinham sido desfeitas quando os corpos foram encontrados no imóvel por um parente. Não há indícios de violência no local. O chuveiro a gás estava ligado e todas as janelas estavam fechadas, segundo o delegado responsável pelo caso, Roberto Von Haydin:

De acordo o delegado Roberto Von Haydin, parentes suspeitam que o aquecedor a gás não estava funcionando direito havia um tempo:

O síndico do prédio pretende contratar uma empresa especializada para vistoriar os apartamentos. O delegado do Primeiro Distrito Policial de Santo André alerta para os cuidados com equipamentos a gás em casa:

As mortes foram simultâneas e a identidade das quatro vitimas não foi revelada. Em maio, seis brasileiros da mesma família morreram por intoxicação de monóxido de carbono em Santiago, no Chile. Um mês depois, pai e filha foram encontrados sem vida em Campos do Jordão, no interior de São Paulo.

A suspeita é de que houve vazamento de um aquecedor de ambiente que funciona como gás de cozinha. Já na semana passada, um casal e a criança de dois anos morreram asfixiados ao manter uma churrasqueira acesa no quarto de casa em Guarulhos, na Grande São Paulo, durante a onda de frio.

DEIXE UMA RESPOSTA

Deixe seu comentário!
Por favor, informe seu nome