Guerras, queda na produção de alimentos e à crise econômica em várias regiões do mundo são os principais fatores que contribuíram para um novo crescimento da fome, desafios que precisam ser enfrentados com urgência.

Essa é a avaliação do diretor-geral da Organização das Nações Unidas para Alimentação e Agricultura (FAO), o brasileiro José Graziano da Silva, entrevistado com exclusividade pela BandNews FM.

DEIXE UMA RESPOSTA

Deixe seu comentário!
Por favor, informe seu nome