Diante da redução da estimativa de crescimento do PIB, o governo anunciou, nessa segunda-feira, um novo contingenciamento de R$ 1,5 bilhão no orçamento dos ministérios e órgãos federais.Os números foram divulgados pelo Ministério da Economia.

De acordo com a equipe econômica, o bloqueio é necessário para ser mantida a meta fiscal deste ano de déficit primário de R$ 139 bilhões. Segundo o relatório bimestral de avaliação de receitas e despesas, o PIB deve crescer apenas 0,81% em 2019.

No documento anterior, a previsão de alta era de 1,6%. Os detalhes sobre quais áreas serão afetadas com os cortes devem sair em um decreto presidencial a ser editado na próxima semana.

Confira mais detalhes:

DEIXE UMA RESPOSTA

Deixe seu comentário!
Por favor, informe seu nome