O presidente Jair Bolsonaro confirmou a inclusão de informações específicas sobre pessoas com autismo nos censos demográficos. Atualmente, não existem dados oficiais sobre as pessoas com transtorno do espectro autista (TEA) no Brasil. Estimativas internacionais dão conta de que o país possui aproximadamente dois milhões de pessoas diagnosticadas.

Apesar do número significativo, ainda há poucas políticas de inclusão. E as que existem nem sempre são cumpridas. As famílias precisam se impor para garantir direitos e quebrar preconceitos.

A dica para refletir sobre o tema é o filme Rain Man, com direção de Barry Levinson. O clássico ainda levou o Oscar de melhor filme e também o Oscar de melhor ator para Dustin Hoffman. O longa conta a história do vendedor Charlie recebe a notícia da morte de seu pai e retorna à sua cidade natal. Chegando lá, descobre que tem um irmão autista e que seu pai deixou uma herança de três milhões de dólares à instituição onde ele, Raymond, reside. Ele então leva-o até Los Angeles para, com a ajuda de seus advogados, disputar sua parte da herança e se livrar da custódia do irmão. Porém, durante a viagem Charlie reconhece que Raymond pode não ser irmão que ele queria, mas se tornou o irmão que ele precisa.

Até a próxima dica!

DEIXE UMA RESPOSTA

Deixe seu comentário!
Por favor, informe seu nome