Foto: Edilson Rodrigues/Agência Senado

A Ordem dos Advogados do Brasil pede à Justiça Federal de Brasília a preservação dos materiais coletados com hackers que invadiram celulares de autoridades, alegando temer uma possível intromissão do Executivo no Judiciário. Na solicitação encaminhada ao juiz Vallisney de Souza, da 10ª Vara Federal de Brasília, responsável pelo processo, a entidade solicita participação no caso na qualidade de assistente.

Neste final de semana, o presidente Jair Bolsonaro voltou a defender o ministro da Justiça, Sergio Moro – um dos alvos do vazamento:

DEIXE UMA RESPOSTA

Deixe seu comentário!
Por favor, informe seu nome