Foto: AMANDA PEROBELLI/ESTADÃO CONTEÚDO

A procuradora-geral da República, Raquel Dodge, prorroga por mais um ano a força-tarefa da Operação Lava Jato no Paraná. É a quinta vez que a atuação do grupo é estendida desde a criação em 2014.

Quem coordena a força-tarefa no estado, que acabaria no dia 9 de setembro, é o procurador da República Deltan Dallagnol. Ao todo, a equipe tem 69 integrantes entre procuradores, servidores, contratados e estagiários, que custa, por ano, mais de R$ 1 milhão.

DEIXE UMA RESPOSTA

Deixe seu comentário!
Por favor, informe seu nome