Mais 11 cidades registram casos de Sarampo no estado de São Paulo, às vésperas do fim da campanha de imunização contra a doença.

Enquanto isso, ouvintes reclamam da falta de vacina em postos da capital paulista, onde se concentra a maior parte dos casos: já são quase 1000 ocorrências registradas.

Confira a reportagem de Ivan Brandão:

Em nota, a Coordenadoria de Vigilância em Saúde diz que as doses da vacina precisam ser mantidas sob refrigeração e as UBSs são abastecidas de acordo com a demanda.

A Covisa acrescenta que por causa dessa logística de transporte da central para as unidades, há casos pontuais de falta da vacina e, por isso, é feito o remanejamento de doses entre as UBSs.

A Coordenadoria de Vigilância em Saúde afirma também que desde o inicio da campanha, 10 de junho, a vacina tríplice viral tem sido oferecida em postos volantes: estações da CPTM, Metrô, terminais de ônibus e instituições de ensino.

De qualquer forma a Secretaria Municipal da Saúde promete apurar os casos citados pela reportagem para tomar as medidas necessárias.

DEIXE UMA RESPOSTA

Deixe seu comentário!
Por favor, informe seu nome