Resultado de imagem para salomao schvartzman
(Foto: Divulgação)

O jornalista, ex-colunista da BandNews FM, sociólogo e advogado Salomão Schvartzman é homenageado no clube Hebraica, na zona oeste de São Paulo.

Salomão, que, aqui no Grupo Bandeirantes de Comunicação, foi ainda apresentador do BandNews TV e do canal Arte 1, morreu no começo do mês passado, aos 83 anos.

A esposa dele, Anna Schvartzman, com quem ficou casado durante 38 anos, compareceu à cerimônia realizada nesta segunda-feira (19) e afirmou que o marido era apaixonado pela profissão:

 

O presidente da Federação Israelita do Estado de São Paulo exaltou as características de Salomão Schvartzman.

Luiz Kignel é sobrinho do jornalista e discursou na homenagem, organizada pela Hebraica, pela Confederação Israelita do Brasil e pela própria FISESP.

Ele disse que um dos legados do tio são as críticas construtivas:

 

Salomão Schvartzman nasceu em 1936, em Niterói, no Rio de Janeiro.

O jornalista começou a carreira como repórter, no jornal “O Globo”.

Em 1977, ganhou uma menção honrosa no Prêmio Esso de Jornalismo com a reportagem “Doca Doca: por que mataria a mulher que amava?”, que tratava da morte da socialite Angela Maria Fernandes Diniz e foi publicada na Revista Manchete.

DEIXE UMA RESPOSTA

Deixe seu comentário!
Por favor, informe seu nome