O chefe de Socorro do Corpo de Bombeiros Voluntários de Charqueadas, Mauricio Naapv, traz detalhes sobre o ataque a uma escola na cidade do Rio Grande do Sul. Ele disse que o jovem de cerca de 16 anos invadiu o colégio no início do turno das aulas da tarde.

A Polícia analisa agora as imagens das câmeras de segurança da escola para tentar identificar o agressor, que conseguiu fugir.

Confira a íntegra da entrevista com o Chefe de Socorro do Corpo de Bombeiros, Mauricio Naapv:

 

Sobre o caso:

Pelo menos quatro pessoas, entre elas três alunos de 13 a 16 anos, ficam feridas durante um ataque a uma escola em Charqueadas, a 60 quilômetros de Porto Alegre.

Um adolescente de 16 anos invadiu o Instituto Estadual Educacional Assis Chateaubriand com uma machadinha e um galão de gasolina.Três adolescentes foram feridos, além da professora, que foi atingida com um golpe na cabeça.

Em seguida, o agressor tentou atear fogo na sala de aula, mas foi impedido. Ele conseguiu fugir e agora a polícia militar faz buscas para tentar localizá-lo.

O governador do Rio Grande do Sul, que estava em agenda no Uruguai, informou que vai retornar ao estado para acompanhar as investigações do crime.

DEIXE UMA RESPOSTA

Deixe seu comentário!
Por favor, informe seu nome