A prévia da inflação oficial do país desacelerou em agosto ficando com 0,08%, menor índice desde 2010 para o mês analisado. Os dados são do Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo 15, divulgados pelo IBGE nesta quinta-feira (22).

A queda nos preços dos combustíveis impactou, negativamente, o grupo de transportes que teve redução de 0,78%. As passagens aéreas também tiveram quedas assim como os setores de cuidados pessoais e alimentação e bebidas.

Este último foi marcado, especialmente, pela deflação da alimentação no domicílio. Os principais destaques negativos ficaram com o tomate, a batata-inglesa, as hortaliças e o feijão carioca.

DEIXE UMA RESPOSTA

Deixe seu comentário!
Por favor, informe seu nome