Tutores de animais domésticos já podem castrar os Pets gratuitamente em cinco ônibus que circulam pela cidade de São Paulo. Os chamados castramóveis são equipados com centros cirúrgicos que realizam o procedimento somente em cães e gatos.

A iniciativa é voltada para a população de baixa renda e faz parte de um programa da Prefeitura que está em vigor desde 2011, com o intuito de fazer o controle reprodutivo para ajudar os donos que não têm condições de pagar uma clínica particular.

A médica veterinária da Secretaria de Saúde Juliana Anália Sinhorini conta que a média de castrações de cada ônibus é de 100 animais por dia, mas ressalta que os números poderiam ser ainda maiores se não fosse pelo receio dos donos em realizar o procedimento:

Ela ainda explica que a castração só pode ser feita em cães e gatos com idade entre 3 meses e 10 anos acompanhados de tutores que já tenham preenchido o cadastro antes do atendimento:

Segundo informações da Coordenadoria de Saúde e Proteção ao Animal Doméstico, cerca de 50 mil cães e gatos foram submetidos a esse tipo de intervenção só em 2019. Com a iniciativa das clínicas móveis, a previsão é que pelo menos 25 mil pets sejam castrados até o fim deste ano.

Para agendar a cirurgia, os interessados devem comparecer aos locais divulgados nos bairros por equipes especializadas, nas redes sociais e na página da Prefeitura. É necessário levar o RG, CPF, comprovante de residência atualizado do tutor do animal e comprovante de vacinação contra raiva, quando houver.

DEIXE UMA RESPOSTA

Deixe seu comentário!
Por favor, informe seu nome