(Foto: Bruno Rocha)

Os trabalhadores nascidos nos meses de Janeiro, Fevereiro e Março e que têm conta poupança na Caixa Econômica Federal já podem começar a sacar parte do FGTS a partir de hoje. O saque imediato do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço permite a retirada de até R$500 de cada conta, seja ativa ou inativa.

Para quem não tem conta na Caixa, os saques estarão disponíveis a partir do dia 18 de outubro, de acordo com a data de nascimento de cada trabalhador. A estimativa é que R$30 bilhões sejam distribuídos para mais de 100 milhões de pessoas. A medida foi anunciada em julho pelo presidente Jair Bolsonaro.

Há algumas regras para o trabalhador que quiser sacar o benefício nas lotéricas: quem tem o cartão cidadão pode retirar até R$ 500. Quem não possui consegue sacar, no máximo, 100 reais e, para isso, basta apresentar a identidade, o número do CPF e um registro de digital.

Para consultar o saldo do FGTS, basta acessar o site fgts.gov.br ou o aplicativo da instituição exclusivo do Fundo. O valor destinado ficará disponível para retirada até 31 de março do ano que vem. Lembrando que o saque imediato é diferente do saque aniversário e não estará disponível todos os anos. No total, 96 milhões de pessoas têm direito ao saque do FGTS.

O colunista de finanças pessoais da Rádio BandNews FM, Marcos Silvestre, avalia que o melhor é não retirar os R$500. Para ele, quem puder deve deixar esse dinheiro intacto no FGTS. Isto porque a rentabilidade do fundo mudou no ano passado e agora o governo federal repassa 50% dos lucros para o trabalhador, sem cobrança de Imposto de Renda.

Se ainda assim a pessoa quiser gastar os R$500, o ideal é colocar o dinheiro em algo produtivo e que melhore a qualidade de vida. O trabalhador também pode comprar ações de uma das 30 empresas mais negociadas na Bovespa, mas o investimento deverá ser feito no longo prazo, visando um retorno daqui 5 anos ou mais. Para quem tem dívidas, a recomendação é usar o valor para quitá-las ou pelo menos amenizar parte do rombo.

Ouça a íntegra do tira-dúvidas entre os apresentadores do BandNews São Paulo, Sheila Magalhães e Eduardo Barão, com o professor Marcos Silvestre:

DEIXE UMA RESPOSTA

Deixe seu comentário!
Por favor, informe seu nome