A BandNews FM conversou hoje com a diretora executiva da Safe Drinking Water For All, Anna Luísa Beserra. Aos 21 anos de idade, ela é a primeira pessoa no Brasil a receber o prêmio global da ONU “Jovens Campeões da Terra”. Anna Luísa é baiana e responsável por criar um mecanismo que purifica água de cisternas, utilizando apenas a luz do sol, chamado de Aqualuz. A ideia de ajudar os moradores do semi-árido da Bahia a ter acesso a água potável surgiu quando ela tinha 15 anos de idade. Mas só depois de ter aulas de empreendedorismo na faculdade é que o projeto, de fato, saiu do papel.

O Aqualuz é uma espécie de pia de aço inox, que fica acoplada à cisterna. O principal desafio dela foi encontrar uma tecnologia que fosse viável para os mais pobres. O equipamento que ela criou só precisa ser lavado com água e sabão e dura até 20 anos, purificando 30 litros de água por dia, ao custo de R$0,03 a cada 10 litros. Hoje são quase 60 aparelhos instalados em 5 estados do nordeste e, com o prêmio, Anna Luísa disse que pretende aumentar esse número para 300 no ano que vem, além de levar o projeto para países da África.

Confira um pouco da história de Anna Luísa, CEO do projeto SDW for all, na reportagem de Ivan Brandão:

DEIXE UMA RESPOSTA

Deixe seu comentário!
Por favor, informe seu nome