Sites que prometem facilitar a vida do consumidor na hora de reservar hospedagem têm virado uma verdadeira dor de cabeça para quem só queria sossego!

Sem uma legislação específica para esses serviços, o consumidor tem ficado no prejuízo.

 

Procurada, a Booking diz que nunca direciona para sites de terceiros e que não encontrou nenhuma reserva com o nome do ouvinte Reinaldo para Punta del Este.

Já o site Amoma tem sede na Suíça e decretou falência na semana passada.

Já a Decolar informa que está em contato com o cliente para a melhor resolução do caso.

DEIXE UMA RESPOSTA

Deixe seu comentário!
Por favor, informe seu nome