(Foto: Naina Helen Jama/TT News Agenc /Reuters)

Três pesquisadores envolvidos no desenvolvimento de baterias de íons de lítio vão dividir o Prêmio Nobel de Química 2019.

 John B. Goodenough, M. Stanley Whittingham e Akira Yoshino vão receber o equivalente a R$ 3,7 milhões.

O material é usado em aparelhos como celulares, notebooks e até carros elétricos.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Deixe seu comentário!
Por favor, informe seu nome