O roubo de rodas de veículos não se restringe apenas ao ABC Paulista. Ouvintes de diversas regiões da cidade de São Paulo passaram a relatar esse tipo de crime após a reportagem da BandNews FM.

É o caso do Fernando Braga.

E não é só o estepe que roubam. Os bandidos levam uma, duas, três até as quatro rodas deixando os carros suspensos, conta o ouvinte Leandro Machado, que trabalhou por muitos anos como motorista de guincho e atendia a vários chamados de roubos de roda:

Para evitar o roubo, motoristas têm comprado uma peça que ajuda a inibir a ação dos bandidos, como sugere o ouvinte Alexandre Perobelli.

O jogo de parafusos antifurto custa, em média, R$ 250, segundo o proprietário de uma loja de acessórios automotivos. Michel Peres explica que apenas uma chave específica pode abrir esse parafuso.

Apenas um parafuso por roda é o suficiente.

Michel Peres conta que a procura é grande e diz que o parafuso antifurto é um investimento para o proprietário evitar prejuízo maior, já que, muitas vezes, o seguro não cobre os gastos.

Para isso, o advogado especialista em direitos do consumidor e colunista do “Aqui na Band”, Sérgio Tannuri, alerta: é preciso estar atento à cobertura e à franquia no momento de assinar o contrato.

Procurada pela reportagem da BandNews FM, a Secretaria de Segurança Pública diz que o policiamento é feito com base em análises de indicadores criminais e registro de ocorrências. No entanto, a pasta não soube informar a quantidade de casos de roubos e furtos de rodas registrada em São Paulo.

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Deixe seu comentário!
Por favor, informe seu nome