Foto: Divulgação/Polícia Federla

A Segunda Turma do STF (Supremo Tribunal Federal) condenou, nesta terça-feira (22), os irmãos emedebistas Geddel e Lúcio Vieira Lima por lavagem de dinheiro e associação criminosa.

O ex-ministro e ex-deputado federal Geddel Vieira Lima recebeu a pena de 14 anos e 10 meses de reclusão, em regime inicial fechado. Já o irmão dele, o ex-deputado Lúcio Vieira Lima, foi condenado a 10 anos e 6 meses de reclusão, também em regime inicial fechado.

Os dois terão que pagar indenização por danos morais coletivos no valor de R$ 52 milhões e estão impedidos de ocupar cargo ou função pública pelo dobro do prazo das penas privativas de liberdade.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Deixe seu comentário!
Por favor, informe seu nome