Foto: Leo Malafaia/Folha PE

O lucro da barraca da mãe do menino fotografado coberto de óleo em Cabo de Santo Agostinho, na Grande Recife, cai mais de 95% no primeiro fim de semana após a chegada das manchas.

O garoto se chama Éverton, tem 13 anos e é filho de Ivaneide Maria de Oliveira. Dona de uma barraca há dois anos, ela conversou ontem com a âncora Carla Bigatto:

 

Ivaneide Maria de Oliveira conta que ela, o filho e todos os comerciantes da região se uniram aos trabalhos de limpeza. Ela lembra o momento em que encontrou a praia tomada pelo óleo que já atingiu 250 localidades da costa nordestina:

 

Segundo Ivaneide, o próprio filho Éverton, cuja foto em que aparece coberto de óleo virou um símbolo da tragédia no Nordeste, se dispôs a ajudar:

 

Éverton, que ajuda na mãe na barraca mantida pela família, conversou com a Rádio BandNews FM e falou sobre a foto:

 

Além do Cabo de Santo Agostinho, outra nove cidades de Pernambuco tiveram as praias manchadas pelo óleo que, segundo o governo federal, tem origem venezuelana.

DEIXE UMA RESPOSTA

Deixe seu comentário!
Por favor, informe seu nome