(Foto: Reprodução)

A soldado da Polícia Militar Nathalia Castro teve uma noite atípica no último fim de semana.

Acostumada a trabalhar com o policiamento ostensivo na cidade de Guarulhos, na região metropolitana de São Paulo, ela normalmente atua prevenindo e combatendo o crime.

No último sábado, porém, o trabalho a fez salvar uma vida. Com apenas seis dias de vida, uma bebê, a Isabela, engasgou com o leite da mãe.

Os pais, então, correram para o Batalhão da Polícia Militar no bairro em que vivem, o Sítio dos Morros. Foi aí que a Isabela e a Nathalia se encontraram:

 

Ao ver que a bebê estava amolecida e um pouco roxa, a soldado fez a primeira manobra – conhecida como manobra de Heimlich. A médica especializada em clínica geral, Paula Senra, explica que esse é o primeiro procedimento indicado em casos de engasgo infantil:

 

Só que a Isabela não respondeu.

 

Paula Senra diz que em casos como esse a aspiração deve ser feita junto com uma massagem cardíaca.

 

A soldado Nathalia tem 29 anos de idade e oito de Polícia Militar e, agora, tem algo novo para se orgulhar:

 

A bebê Isabela está bem e não teve qualquer problema após o incidente.

DEIXE UMA RESPOSTA

Deixe seu comentário!
Por favor, informe seu nome