Produção no pré-sal da Bacia de Santos completou 10 anos em maio. (Foto: Divulgação/Petrobras)

Previsto para hoje, o megaleilão do pré-sal pode turbinar os cofres do governo em mais de R$ 100 bilhões. A expectativa é de que esse seja o maior pregão de óleo e gás já feito no mundo em termos de potencial de exploração de petróleo e de arrecadação.

Além de aliviar as contas do governo federal, o montante vai reforçar os cofres dos estados e municípios, principalmente, aqueles que estão no vermelho. Serão leiloadas, nesta quarta-feira (06), quatro áreas do pré-sal na Bacia de Santos, como de Atapu, Búzios, ltapu e Sépia.

DEIXE UMA RESPOSTA

Deixe seu comentário!
Por favor, informe seu nome