Líder do governo no Senado, Fernando Bezerra aposta em aprovação da PEC paralela ainda no mês de novembro.

Por falta de acordo sobre as novas regras da aposentadoria por invalidez, a conclusão do primeiro turno da Reforma da Previdência de estados e municípios ficou para a próxima terça-feira (12). Mas o texto principal da PEC paralela já está aprovado: 56 votos a favor e 11 contra no Plenário.

Falta analisar os destaques com as sugestões de mudança na proposta. Também na próxima terça-feira, a Nova Previdência de trabalhadores da iniciativa privada e servidores federais será promulgada pelo Congresso Nacional.

Inicialmente, o governo queria enviar a PEC (Proposta de Emenda à Constituição) paralela para a Câmara dos Deputados junto com a assinatura da reforma principal da Previdência. Mesmo assim, o líder do governo no Senado, Fernando Bezerra, aposta que o segundo turno da PEC paralela saia ainda neste mês.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Deixe seu comentário!
Por favor, informe seu nome