O ex-presidente da República Luiz Inácio Lula da Silva deixa a Superintendência da Polícia Federal, em Curitiba, após a decisão do STF, ontem, que barrou prisões automáticas depois de condenação em segunda instância.

A decisão foi comunicada à Polícia Federal no fim da tarde desta sexta-feira, pelo juiz federal titular da 12ª Vara de Execuções Penais, Danilo Pereira Júnior.

Lula foi recebido por militantes e apoiadores do lado de fora do prédio da Polícia Federal e discursou em um palco em frente à sede da Polícia Federal.

Em discurso na porta da PF, o petista prometeu correr o país após deixar a cadeia e acusou o atual presidente Jair Bolsonaro de mentir ao falar sobre a atual situação do país:

Ele aproveitou para criticar a Justiça Federal, o Ministério Público Federal e a PF. O petista agradeceu os militantes que ficaram por 581 dias em vigília na porta da PF e os apoiadores do Partido dos Trabalhadores.

Lula confirmou que fará um discurso amanhã no Sindicato dos Metalúrgicos do ABC, em São Paulo.
Veja o momento em que o ex-presidente deixou a sede da PF de Curitiba:

8 COMENTÁRIOS

  1. Um absurdo completo! Hoje o STF me fez sentir pela 1ª vez na minha vida, vergonha de ser Brasileira! Tenho vergonha do meu país!!

DEIXE UMA RESPOSTA

Deixe seu comentário!
Por favor, informe seu nome