A Praia do Forte, um dos principais pontos turísticos do litoral baiano, volta a registrar pequenos fragmentos de óleo. Hoje, banhistas encontraram as manchas na Praia do Lord, muito procurada por turistas nesta época do ano. Na Ilha de Santa Bárbara, no arquipélago de Abrolhos, área de maior biodiversidade marinha do Atlântico Sul, também foram encontradas novas manchas.

De acordo com a Marinha, o petróleo estava misturado com resquícios de algas e areia e foi totalmente recolhido. Em Pernambuco, uma base com mais de seiscentos militares é montada no Porto de Suape, no litoral sul do estado.

A ideia é reforçar o monitoramento das manchas de petróleo que atingiram os nove estados do nordeste e o Espírito Santo. Em terra, o grupo vai montar uma base e iniciar o trabalho de remoção do óleo tanto no mar quanto nos manguezais e nos estuários, que são o local de encontro do rio com o mar.

A ação dos fuzileiros vai ser auxiliada por mergulhadores da Marinha. De acordo com o Ibama, já são 442 localidades afetadas pelas manchas no Nordeste e no Espirito Santo.

DEIXE UMA RESPOSTA

Deixe seu comentário!
Por favor, informe seu nome