A Universidade Federal de Alagoas declara ter identificado o navio responsável pelo derramamento de óleo que atinge todo o litoral nordestino e o Espírito Santo. No entanto, o nome e a bandeira da embarcação não foram relevados.

De acordo com a Coordenação do Laboratório de Análise e Processamento de Imagens de Satélite da Universidade, os dados coletados serão enviados ao Senado Federal na quinta-feira.

Ainda segundo o laboratório, o navio não é nenhum dos cinco apontados pela Marinha como principais suspeitos.

Confira mais detalhes na reportagem de William Tales Silva:

DEIXE UMA RESPOSTA

Deixe seu comentário!
Por favor, informe seu nome