(Foto: Reprodução)

É presa, em Salvador, a desembargadora da Bahia Maria do Socorro Barreto Santiago. A magistrada e outros quatro desembargadores foram afastados do cargo na semana passada pela Operação Faroeste, que investiga um esquema de venda de sentenças no TJ-BA.

Maria do Socorro é suspeita de favorecer Adailton Maturino, apontado pelo Ministério Público Federal como o líder de um grupo de grilagem de terras no oeste do estado.

DEIXE UMA RESPOSTA

Deixe seu comentário!
Por favor, informe seu nome