A Polícia Militar de São Paulo afirma que nove pessoas morreram durante um pisoteamento após uma confusão em um baile funk na favela de Paraisópolis, na Zona Sul da capital paulista. De acordo com a PM, uma perseguição policial seguida de troca de tiros gerou uma correria. Segundo a corporação, cinco mil pessoas estavam no local na hora da confusão. 

 A Secretaria Municipal de Saúde afirma que duas pessoas continuam internadas no Pronto Socorro do Campo Limpo. De acordo com a pasta, os feridos foram encaminhados ao local após o pisoteamento. Não há detalhes sobre o estado de saúde delas.  

2 COMENTÁRIOS

  1. Nós de paraísopolis queremos justiça ..
    Isso e um absurdo queremos que essas pessoas paguem..
    Já passaram dos limites….

  2. Aos senhores reportes, os senhores e senhoras sempre vem a público para cobrar providências nos assuntos relativos aos abusos dos policias para dispersar pessoas em atitudes suspeitas em locais absurdamente perigoso, gostaria de saber quantas vezes os senhores e senhoras foram nestes locais para fazer uma reportagem ou pelo menos dar uma olhada pessoalmente para ver o que acontece lá para ficar agora atrás de um microfone ou um computador falando e escrevendo e questionando a forma de trabalho da policia e as consequências, já que os senhores e senhores conhecem bem de tudo pois sempre tem o dedo pronto para apontar os erros de quem quer que seja acredito que seriam as pessoas mais indicadas para comandar o mundo pois são tão perfeitos que nunca e nada nas suas vidas dão errado, nunca foram assaltados, tiveram uma pessoa da sua família morta por um bandido, seus empregos e salários são ótimos, vivem em um mundo sem corrupção e políticos honestos e etc. sempre defendem as suas ideologias e querem ser imparciais para o lado em que lhe forem convenientes, fico indignado com o nível de não comprometimento com a verdade pois como você mesmo dizem “em vinte minutos tudo pode mudar” e vocês mudam os seus comentários em menos de vinte minutos, para o lado que for mais conveniente, já li e ouvi várias reportagem onde vocês cobravam providencias do poder público para o abuso destes bailes funk, com áudios e imagens onde fica claro o consumo de drogas, álcool, pessoas com posse de armas, veículos sabidamente roubados, mulheres em atitude de prostituição, criança no meio da bandidagem e etc.. agora mudam o discurso!!!!!!

DEIXE UMA RESPOSTA

Deixe seu comentário!
Por favor, informe seu nome