A Guarda Revolucionária Iraniana assumiu a autoria do ataque à base militar americana de Al-Asad, no Iraque. A nota diz que “os corajosos soldados da guarda unidos lançaram um ataque com dezenas de mísseis contra a base militar de Al-Asad em nome do mártir general Qasem Soleimani”.

A imprensa internacional afirma que dez mísseis atingiram a base. Não há confirmação sobre mortos ou feridos.

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, já foi informado sobre o bombardeio. Mais cedo, o Conselho Supremo de Segurança Nacional do Irã disse que analisa planos de retaliação ao ataque americano que matou o general Qasem Soleimani na semana passada.

Uma lei aprovada hoje pelo Parlamento do país definiu como “terroristas” as Forças Armadas dos Estados Unidos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Deixe seu comentário!
Por favor, informe seu nome