A produção de veículos no Brasil cresceu 2,3% no ano passado.

Segundo dados da Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores, é o maior volume anual desde 2014.

Foram fabricados 65 mil carros, ônibus e caminhões a mais do que em 2018.

O número de vendas subiu 18% em 2019, o que representa 2,7 milhões veículos licenciados no ano passado.

Para o presidente da Anfavea, Luiz Carlos Moraes, o aquecimento do mercado interno e o aumento da produção formam um cenário positivo para este ano:

Em contrapartida, a exportação caiu 32% nos últimos 12 meses.

De acordo com o presidente da Anfavea, Luiz Carlos Moraes, o maior responsável pela queda é a crise política na Argentina, já que o país é o principal comprador do setor do Brasil:

Outro problema registrado foi o fechamento de quatro mil vagas de empregos em 2019.

Segundo a Anfavea, o fim da operação da fábrica da Ford em São Bernardo do Campo, no ABC paulista, é a principal causa para as demissões.

O setor automobilístico fechou o ano com 125 mil funcionários espalhados pelo Brasil.

DEIXE UMA RESPOSTA

Deixe seu comentário!
Por favor, informe seu nome