Em viagem ao Irã, o professor de geografia João Correia afirma que os protestos contra o regime têm pouca adesão e são formados, principalmente, por jovens. Ele conversou há pouco com a apresentadora Letícia Valente, na programação da BandNews FM.
O brasileiro viajou para o país há 3 dias em meio à crise envolvendo os Estados Unidos e a queda do avião ucraniano. Neste domingo, pelo segundo dia consecutivo, um grupo de pessoas se manifestou contra o líder supremo do país, aiatolá Ali Khamenei.
Elas reclamam da morte de familiares na tragédia da última quarta-feira, quando o governo iraniano derrubou acidentalmente um avião ucraniano. O professor João Correia disse estar surpreso com o fato de a TV estatal do país ter noticiado os atos.
Ele, no entanto, não soube dizer o tom dos jornalistas, uma vez que não fala a língua. O brasileiro explicou, por fim, que o clima na capital Teerã é de tranquilidade em relação a um eventual conflito bélico, mas ainda de comoção pela morte do general Qassem Soleimani.
Confira a entrevista completa do professor João Correia com a jornalista Letícia Valente:

DEIXE UMA RESPOSTA

Deixe seu comentário!
Por favor, informe seu nome