Estação de Tratamento de Água do Guandu atende sete municípios fluminenses, além da capital.

O Instituto Estadual do Ambiente vai coletar, nesta terça-feira (4), amostras de água na entrada da Estação de Tratamento do Guandu.

A análise do Inea será feita depois que a Companhia Estadual de Águas e Esgoto detectou a presença de detergente no local.

Segundo a Cedae, o material teria sido arrastado pelas fortes chuvas registradas na Região Metropolitana do Rio desde de domingo (2). Para garantir a segurança hídrica, a produção foi interrompida na estação.

Da capital fluminense, informações com a repórter Caroline Lacerda:

1 COMENTÁRIO

  1. O Problema não é na CEDADE, precisa ser criado uma lei mais severa pra acabar com o crescimento desordenado de habitações irregulares que despejam esgoto inatura nas nascentes dos rios, água é vida, se não cuidar desse bem um dia vai acabar, pense nisto !!!

DEIXE UMA RESPOSTA

Deixe seu comentário!
Por favor, informe seu nome