Homenagens da torcida rubro-negra, na sede do clube, após o incêndio. (Foto: Reprodução/Flamengo)

Famílias ainda aguardam indenização, um ano após a tragédia que matou dez meninos no Centro de Treinamento do Flamengo, conhecido como “Ninho do Urubu”. Multicampeão em 2019, o clube ainda briga na Justiça para diminuir o valor sugerido pelo Ministério Público.

Confira a reportagem especial do repórter Maurício Bastos:

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Deixe seu comentário!
Por favor, informe seu nome